Andador para bebês faz mal?

Sim, o andador traz prejuízos no desenvolvimento psicomotor do bebê.

Por que? Por vários motivos. A criança, desde o nascimento, passa por etapas do desenvolvimento em que cada fase serve de base para a próxima. Primeiro sustenta a cabeça, depois rola o corpo para os dois lados, se arrasta de barriga para baixo, senta com apoio, depois sem apoio, engatinha (alguns não passam por essa etapa), ficam em pé para então começarem os primeiros passos.
Em todo desenvolvimento motor e de equilíbrio a criança explora o ambiente e os objetos em sua volta, desenvolvendo paralelamente o aspecto neurológico. O bebê tenta alcançar objetos, observa os adultos e suas ações e imita.
O andador força a criança a pular várias dessas etapas essenciais para o desenvolvimento, atrasando o início da marcha. Se o bebê é pequeno para o andador, usará somente as pontas dos pés para movimentar-se, o que poderá causar alguns problemas além do atraso da marcha, como alteração óssea.
O uso do andador pode desencadear também uma má postura e levar a criança a forma de pisar errado, pois a ela adota uma postura incorreta quando está no andador, podendo provocar no futuro, má postura, problemas na coluna ou até ao andar.
Colocar uma criança que ainda não consegue ficar de pé sozinha, mesmo que com apoio, num andador pode levar à lesões nas articulações dos membros inferiores, pois os músculos das pernas não estão devidamente fortalecidos.
Então recomendamos que deixe a criança aprender a andar da forma que o seu cérebro foi projetado para aprender, sem andador!
Geralmente, o bebê começa a dar os primeiros passos a partir dos 9 meses e já consegue andar por volta dos 15 meses, porém para acelerar este processo os pais podem utilizar algumas estratégias como:

  • Deixar o bebê andar descalço;
  • Caminhar com o bebê, segurando-o pelas mãos;
  • Chamar pelo bebê a alguns metros dele para vir pegar no seu brinquedo favorito.
Durante todo este processo, é importante os pais transmitirem calma e segurança ao bebê e deixá-lo explorar o espaço para ele se sentir seguro e confiante e conseguir andar.
Compartilhar no Google Plus
Em busca de novos conhecimentos!
    Facebook
    Blogger

2 comentários:

  1. Meninos, vocês são Dez! : )

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente muitos ainda utilizam...

    ResponderExcluir

Por favor, não utilize palavras feias. Obrigado.